Lolla DeWitt, uma idosa clarividente, sabe que não terá muito mais tempo de vida, e decide deixar três cartas, uma para cada uma de suas netas, onde teriam que realizar uma simples ação que mudaria todo o seu destino. Faith, com seu dom de compreender as flores, Cailey, com suas poesias quase visionárias e Tatianna, que ainda não descobriu seu dom, mas que prepara receitas fabulosas, nem imaginavam que teriam que enfrentar morte, assassinos, investigações, mistérios, mentiras e segredos para descobrirem o verdadeiro amor e a plena felicidade.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Saiba mais sobre Jardim de Escuridão

Já que o lançamento do livro está tão próximo, segue aqui um relato sobre meus sentimentos em relação a ele.
- Gênero:
Adulto / Romance / Sobrenatural / Suspense

- Ao lê-lo você vai lembrar de:
Romances sobrenaturais da Nora Roberts

- Geral:
Quando eu comecei a escrever Jardim de Escuridão, a única certeza que eu tinha era que queria escrever um Suspense Romântico com leves toques Sobrenaturais.
Queria escrever uma história que além de ter pitadas de violência (afinal temos um serial killer), tivesse uma grande lição de amizade e de amor pela família. Daí surgiu a idéia de uma trilogia; três mulheres, ligadas por laços familiares, que se amam profundamente.
Acabou que quando me vi escrevendo, percebi que a história, apesar de contar com assassinatos e maldade, pode ser resumida em uma palavra: sutil.
Talvez seja a participação mais do que especial das flores e a magia de todas elas. Não carreguei em nada, nem no drama, nem no sangue, nem na fantasia.
Falando sobre os personagens, eu os criei, exatamente para se encaixarem nessa atmosfera "soft". Faith e Rowan são compatíveis. Ambos elegantes, maduros, com muitas responsabilidades as costas e feridos pela morte de pessoas queridas. O destino os quis juntos, por isso o amor deles nasce de uma maneira simples e fácil. E intensa.
O cenário principal do livro, embora os personagens se movimentem bastante, é a floricultura de Faith. É lá que ela cultiva suas Rosas, Frésias, Lírios, Orquídeas, Helicônias... e conversa com elas. E elas respondem. Falam coisas que irão acontecer e sobre os sentimentos das pessoas que as escolhem. E falam também de morte. Há um segredo no livro... mas dele não vou falar muito. Só posso dizer que é por causa dele que quase tudo acontece.
Esse livro é especial para mim. Espero que se torne especial para vocês também.

- Quotes:

"Faith, querida, não pense que suas flores não são parte de alguma magia. Você tem realmente o dom de compreendê-las, de ver além de suas pétalas e suas belezas. Eu tinha o dom de ver através das barreiras do tempo e o que vi para você, virá para compensar todo o seu sofrimento, que sem dúvida não foi em vão."

***

"
- Qual o significado dessa flor? – indagou, tendo a certeza que ela o teria na ponta da língua.

- Significa “encontro”, como se algo que estava sendo procurado tivesse sido achado. – explicou, mas nem ela mesma compreendia o que aquilo tinha a ver com Rowan.

- Hum... – murmurou. – Faz sentido!

- Não entendi.

- Eu encontrei você, Faith! – ele disse passando a mão pelo rosto dela. – E isso pode ser uma grande coisa."


***

"- Há algo em você que me faz ter vontade de decifrá-la, de compreendê-la, como se houvesse um mistério ao seu redor... – havia um desejo genuíno em sua voz, e ela sentiu as pernas ficarem bambas.

- Mistério?

- Não algo que você queira esconder, mas talvez, uma parte de sua alma que ainda não tenha se revelado, que talvez nem mesmo você conheça."



***

"Finalmente terminei meu trabalho. Foi uma missão árdua, porém gratificante.

Entretanto, a morte agora faz parte de mim. E não quero, não consigo parar."


- Playlist






3 comentários:

Edson disse...

Olá Bia,

Desejo toda sorte do mundo em seu trabalho. Que produza mais e mais histórias cativantes.

um grande abraço

Marcia disse...

Faz um tempinho q não passava por aqui e estou adorando tudo a capa o marcador e pelos capítulo que li concordo com vc "apesar de contar com assassinatos e maldade, pode ser resumida em uma palavra: sutil".

Parabéns!!! Boa Sorte!!!

Gisele Galindo ou simplesmente Gi. disse...

Olá, Bia, companheira de Editora!

Muito sucesso para vc e Jardim de Escuridão!!!

Ah, tem data de lançamento?

bjs***

Postar um comentário